Senador Cid Gomes é baleado ao tentar 'furar' bloqueio de policiais

Senador tentava furar bloqueio de policiais em protesto no Ceará quando foi atingido

Cid Gomes foi alvejado por tiros de bala de borracha em protesto de 
policiais no Ceará (foto: Reprodução/Twitter)

O senador Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado, nesta quarta-feira (19/2), em meio a um protesto de policiais em Sobral, no Norte do Ceará. Após ser atingido, ele foi encaminhado a um hospital da região.

Em vídeo gravados do momento da confusão, Cid Gomes pilota uma retroescavadeira e tenta derrubar um portão em um bloqueio feito por policiais em uma base militar. Informações iniciais eram de que o projétil que atingiu o senador seria de borracha. De acordo com a assessoria do parlamentar, ele foi alvo de arma de fogo.

Cid Gomes organizou uma ofensiva contra os policiais que ameaçam greve. Os PMs chegaram a ordnar que comerciantes de Sobral fechassem suas lojas.

Antes de tentar 'furar' o bloqueio, Cid fez um discurso com críticas às paralisações de parte da Polícia Militar do Ceará. "Eu vim aqui defender a paz e a tranquilidade do povo de Sobral. Ninguém será chantageado, ninguém deixará de trabalhar, de abrir suas portas e caminhar com tranquilidade em Sobral", disse o senador.

"Uma coisa é se amotinarem em um local, outra são os próprios que deveriam defender a paz e a tranquilidade serem eles próprios os incitadores da violência. Eu tô aqui desarmado, e vou enfrentar quem armado estiver, sob o custo da minha vida. Mas ninguém vai fazer o que esses bandidos estão fazendo aqui em Sobral", afirmou.

Um grupo de policiais que é contrário à proposta do governo de reestruturação da carreira da categoria no estado realiza, desde terça-feira, manifestações que a Secretaria da Segurança considera 'motim' e 'vandalismo'.






Digoreste News/Correio Brasiliense / Estado de Minas

Nenhum comentário